Quem Escreve

Zao Make up Portugal

sexta-feira, 15 de setembro de 2017

Como combater a retenção de líquidos

Olá a todas(os)! E já passou um mesinho de “A Magia da Saúde”! Não é fantástico? Estou a adorar estar aqui convosco todas as 6ª-feiras. Tem sido uma experiência incrível! Obrigada por estarem desse lado e pelo feedback que tenho tido todas as semanas. 

Em relação ao post da semana passada, quero avisar-vos que respondi a todos os vossos comentários, se precisarem de algo não hesitem em contactar-me! Hoje, o tema que vocês escolheram foi Como Combater a Retenção de Líquidos.


Antes de mais, o que é Retenção de Líquidos e como podemos identificar?


A Retenção de Líquidos consiste na água que sai dos vasos sanguíneos e acumula-se no tecido subcutâneo  (espaço intercelular), provocando inchaço na zona afetada (edema), sensação de pernas pesadas, desconforto e um aumento de peso até 2 a 3 quilos. É um transtorno metabólico que consiste na acumulação de água no organismo, normalmente nas pernas, tornozelos, pés, abdómen ou mãos. Esta manifesta-se quando o nível de líquidos ultrapassa os 75%.

Isto pode acontecer por várias razões, algumas delas são: obstrução linfática, o facto de permanecer de pé ou sentada(o) por muito tempo, ansiedade, hipertensão, aumento da pressão venosa (pode ser provocada por tromboflebite ou trombose venosa, cirrose, roupa apertada, insuficiência cardíaca direita, etc), retenção de sal e água (acontece na insuficiência cardíaca ou insuficiência renal), um processo inflamatório, queimaduras, traumatismos, má circulação venosa. Basta existir uma má alimentação, que contenha uma quantidade excessiva de sal, que afeta o organismo neste aspecto; assim como a falta de ingestão de água ou falta de exercício físico. Muitas mulheres, são afetadas pela retenção de líquidos no período menstrual e durante a gravidez, devido à alteração hormonal.

É muito fácil de identificar se está a reter líquidos com um simples teste. Basta apertar ou comprimir de forma contínua a zona que lhe parece estar mais afetada, como por exemplo as pernas ou tornozelos, durante alguns segundos. Quando soltar o dedo, se ficar marcado, doer ou a pele demorar algum tempo a voltar ao normal é porque está a fazer retenção de líquidos. Outra forma de se aperceber se a retenção de líquidos está a acontecer, é estar atenta ao aumento de peso, e perceber se é mesmo por maior ingestão de alimentos ou não.



Como combater a retenção de líquidos?

Primeiro de tudo, é muito importante saber a causa da retenção de líquidos. Se for por alguma condição patológica, como insuficiência cardíaca ou renal, consulte o seu médico e siga as suas instruções pois podem diferir muito das dicas que vou dar neste momento. Em casos recorrentes, se os seus pés incharem muito ao longo ou ao final do dia, se acordar com as pálpebras ou o rosto inchado, se tiver episódios de inchaço em apenas uma perna ou braço, se aparecer edema no corpo após a toma de um novo fármaco, contacte o seu médico! Estas dicas são aconselháveis para casos que a retenção de líquidos não são consequência de doenças já instaladas.


Ingestão de líquidos: A hidratação diária de, pelo menos, 1,5L (para as mulheres) de água é muito importante, no caso dos homens devem ingerir, pelo menos, 1,9L! Isto para que o organismo possa eliminar tudo aquilo que são toxinas e impurezas. Se a hidratação não for a adequada causamos uma instabilidade no nosso organismo, pois ele não consegue filtrar o que é bom e o que é mau para o organismo, então este acaba por reter os líquidos devido à falta dos mesmos. Pode ir bebendo chás diuréticos (chá de hibiscus, dente de leão, chá verde) ou drenantes ao longo do dia, se já estiver com alguma retenção de líquidos.

Alimentação equilibrada: A moderação de ingestão de sal e o consumo de alimentos ricos em potássio são mudanças essenciais na alimentação para que a retenção de líquidos seja prevenida. Deve apostar em inserir na sua dieta algumas frutas para auxiliar no combate à retenção de líquidos como a melancia, abacaxi e pera, devido à quantidade de água que estas apresentam. Deve apostar nas verduras e vegetais (cenoura, abóbora, beringela, pepino) que, assim como a fruta, têm uma boa quantidade de água. Evite ao máximo os refrigerantes. Alguns suplementos drenantes também podem ajudar neste caso, como por exemplo os que contenham alcachofra, dente-de-leão, gengibre. Consuma alimentos como: sementes de linhaça, são ótimas fontes de magnésio e vitamina B12, antioxidantes e previnem doenças cardíacas; mirtilo, ajuda na prevenção de doenças urinárias, ajuda a eliminar toxinas e é um dos melhores alimentos antioxidantes; salsa, favorece a eliminação de líquidos corporais, por isso é recomendado em infusões, para prevenir a obesidade e doenças cardíacas.


Exercício Físico: Basta efetuar uma simples caminhada, diariamente, de 30 minutos que é o suficiente para manter o sistema linfático em bom funcionamento. Claro que, se efetuar um exercício físico regular e mais intenso, melhor ainda. Mas para estimular e manter uma boa circulação sanguínea e linfática, o essencial é manter as caminhadas sempre presentes no seu dia-a-dia.

Meias elásticas: Esta solução já é conhecida por quase todas as mulheres. Apesar de, por vezes, ser um pouco incómodo, é uma ótima solução principalmente para quem permanece muito tempo de pé para favorecer o retorno venoso. Se não gostar desta solução, tente não permanecer muito tempo de pé ou sentada(o). Faça pausas durante o seu dia e cuide do seu bem-estar.



Drenagem linfática: A drenagem linfática pode ser efetuada mecanicamente (pressoterapia) ou manualmente. A drenagem linfática pode ser uma aliada poderosa para prevenir e combater este problema e a celulite que tende a aparecer nas zonas do corpo mais propensas à retenção de líquidos. O sistema linfático funciona a par do circulatório. É composto por uma extensa rede de vasos, que estão distribuídos por todo o corpo, recolhendo os líquidos dispersos, filtrando-os e conduzindo-os para a circulação sanguínea. As pressões leves e indolores da drenagem linfática ajudam a direcionar estes líquidos para as estruturas que têm esta função, contribuindo para descongestionar os vasos linfáticos, ativar o sistema imunológico e promover a desintoxicação do organismo. Por ser relaxante e indolor, este método é bastante utilizado na acumulação de líquidos que ocorre durante a gravidez, na síndrome pré-menstrual ou, entre outras situações, na perda de peso associada ao exercício físico e à mudança de hábitos alimentares.

Outras dicas: Se sentir as pernas pesadas mantenha as pernas elevadas por algum tempo para favorecer o retorno venoso. Evite o uso de roupa muito apertada. Não fume. Faça por não cruzar as pernas quando está sentada(o), pois assim está a diminuir a circulação sanguínea.

Espero que este post vos tenha sido útil. Qualquer dúvida não hesitem em contactar, estarei sempre disponível para vos ajudar naquilo que precisarem. Para a próxima 6ª-feira cá estarei com um novo tema, escolhido por vocês! Esta rubrica foi mesmo criada para vocês, por isso usufruam ao máximo.


Que tema gostariam que fosse abordado para a próxima 6ª-feira?


Aproveito para vos dizer os temas que já foram sugeridos anteriormente e não foram abordados, pode ser que vos interesse algum e, se for o mais votado, irá ser o tema da próxima semana:

1 – Ansiedade & Acupunctura
2 – Colorterapia
3 – Sons binaurais e seus benefícios
4 – Bruxismo

Mil beijinhos & xi-💓 bem apertadinho!
Vemo-nos, por aqui, na próxima 6ª-feira,
 Enfª Mónica Soares







Instagram: @enfmonica.mae


23 comentários:

  1. Sofro muito com a retenção, quando chega no final do dia então fico igual um balãozinho.
    Adorei suas dicas, vou adotar elas. Rs

    Beijos

    Uiara karraro

    ResponderEliminar
  2. Eu sofro demais com retenção líquida amei as suas dicas foi super válida

    ResponderEliminar
  3. Oi!
    Já ouvi falar muito sobre retenção de líquidos mas não sabia exatamente o que era e confesso que fiquei um pouco em choque ao saber haha. Achei seu post muito relevante e com dicas preciosas pra quem enfrenta esse mal.
    Beijos!

    ResponderEliminar
  4. Boa tarde, como vai? Gostei bastante do seu post, achei super interessante a forma com que você elaborou esse tema, muito bem abordado, ja que retenção de liquido é um tema muito interessante, confesso que eu nao tenho, mas vou indicar esse post para a minha amiga que tem. beijos

    ResponderEliminar
  5. post cheio de informação bem interessante partilha esta publicação pelo mundooooo!!
    beijinhos Paulinha, beijinhos, Akira do Viver num t0

    ResponderEliminar
  6. É bem fácil de identificar retenção de líquidos, é importante a pessoa fazer esse teste. Mas que bom que para alguns casos tem como combater retenção de líquidos. Gostaria de saber se a retenção de líquidos pode ser fatal para pessoa em alguns casos.
    Bjs.

    ResponderEliminar
  7. Que conteúdo importantíssimo! Fui até fazer os testes para ver se conseguia identificar retenção de líquidos em mim, não sabia como fazer. Muito bacana as dicas que voce da para ajudar, ainda mais sobre beber bastante água que é essencial para muitas coisas. Gostaria de votar em Bruxismo se possível para proximo tema

    ResponderEliminar
  8. ola tudo bem ? Tenho grande problema de retenção de liquido , meu cardiologista me indicou diuretico mais alem disso faço RA , tomo chá de hibisco , detox , e procuro consumir 2litros de agua por dia. gostei muito do post , estou sempre em busca d informações para amenizar meu problema. BJss

    ResponderEliminar
  9. ooi como vai ? eu nao sabia nada disso fiz o teste e ensinou no post e nao deu nada confesso que sou muito ruim para tomar agua e isso faz um mal danado mais to começando aos poucos gostei do seu post mostrei pra minha mae e ela gostou tambem bem informativo
    BLOG♥ Coisas da Vida

    ResponderEliminar
  10. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  11. Um caso sério retenção de líquidos, forma identificar, a região do tornozelo observar se ocorre um “afundamento”, que demora a voltar, devemos evitar o excesso do sal.

    ResponderEliminar
  12. Olá, tudo bem? Eu não sabia sobre retenção de líquidos mas já ouvi falar e aprendi muito com seu post, você ensinou a definição, as causas e como tratar, isso é muito importante. Já senti um peso grande nas pernas, não sei se está relacionado a isso.

    ResponderEliminar
  13. Olá, tudo bem?

    A retenção de líquido é realmente um problema muito sério, eu mesma sofro com isso de vez em quando, tudo incha e fico parecendo um sapo rs. Confesso que não sabia tanto sobre o assunto, então seu post me ajudou bastante. Adorei conhecer essas dicas, são realmente importantes!

    Beijos!

    ResponderEliminar
  14. Que post interessante, gostei bastante das dicas, e essa dica para saber se estamos a reter liquidos é muito boa ;)

    Beijinhooos

    ResponderEliminar
  15. Que post maravilhoso e informativo. É super útil conhecer os sintomas da retenção de líquidos e também como devemos proceder caso identifique a situação. Tenho que tomar mais água, não chego nem perto do 1,9l. Quanto ao próximo tema, todos são muito interessantes. Voto pela ordem na ansiedade, bruxismo e colorterapia.

    ResponderEliminar
  16. Oi tudo bem?
    Sempre quis saber mais sobre retenção de liquido e seu post me salvou sério está maravilhoso! Para o próximo post eu escolho Ansiedade & Acupunctura.

    Beijos

    ResponderEliminar
  17. Olá, como vai? eu, enquanto nutricionista, sempre indico o gengibre e também os alimentos ricos em vitamina A e vitammina C, e adorei que você colocou dentro do post ! Parabéns pelo blog, beijos !

    ResponderEliminar
  18. Colorterapia 😁
    Eu sofri mt com as pernas e pés inchados e eram causados por insuficiência renal. É mt importante ir ao nefrologista qd este problema acontece pq, caso seja insuficiencia, tem de se diminuir e muito a ingestão de líquidos.
    Um chá optimo drenante é tb o de pés de cereja.
    Excelente post cm sempre 😘

    ResponderEliminar
  19. Oi!!!
    vivo sofrendo com retenção de liquidos !! Suas dicas vão me ajudar mto tenho certeza

    ResponderEliminar
  20. Olá!
    Felizmente não é o meu caso e raramente fico "inchada" e quando isso acontece, costuma notar-se é ao final do dia com a ligeira sensação de pernas mais pesadas. Não sei bem o motivo, mas provavelmente é causado por má circulação e tempo sentada, porque até nem consumo sal quase nenhum e tenho uma alimentação saudável. Parabéns pela matéria!

    ResponderEliminar
  21. Infelizmente eu tenho retenção de liquidos, é pouca, mas acontece! Estou tentando tomar mais água chás diuréticos, pois a alimentação está ok, mas é difícil para quem não tem o costume. Sobre o próximo tema: ansiedade e acupuntura.

    ResponderEliminar
  22. Tenho andado nessa luta também, e acho que preciso das meias. Tenho muita retenção, está horrível. Obrigada pelas dicas, beijos!

    ResponderEliminar
  23. Oi, tudo bem? Retenção de líquido é algo bem complicado ainda mais no período menstrual. Antes tinha mais só que agora pratico exercício, cuido da alimentação, então melhorou muito. O post ficou ótimo. Um abraço, Érika *-*

    ResponderEliminar

Deixa o teu comentário. É muito importante para mim saber a tua opinião. Respondo sempre... Vai passando para saberes a resposta.

BeijinhoBom*